Escrever até o fim, sem ponto final

Imagem de book, notebook, and aesthetic

Escritor tem pensamentos em prosa, palavras que precisam ser escritas antes de serem ditas. A necessidade de escrever é um bichinho inquieto, uma vozinha que sussurra no ouvido versos sobre pequenos detalhes do cotidiano. Todo escritor é um romântico à moda antiga, um sonhador. Ao invés de falar o que sente,  ele prefere derramar em segredo seus sentimentos no papel. Pensa mil vezes antes de dizer algo, e muitas vezes acaba não dizendo. Mas não fica engasgado: Faz uma poesia.

A escrita não é nenhuma dádiva de Deus. É sangue e suor, e muitas vezes é a única alternativa. Alguns escrevem porque só sabem fazer isso, outros porque querem ajudar alguém de alguma forma, outros só para se sentirem melhor. Uma coisa é fato: Quem escreve se organiza, se entende e se conhece muito mais. O texto é uma descoberta, de si mesmo e do mundo. Isso porque escrever é abrir caminho para um universo de infinitas possibilidades – e poder levar outras pessoas junto. Escreve-se algo que não deveria passar despercebido, escreve-se para gravar na história um sentimento (ou um diálogo, ou uma pessoa), escreve-se desesperadamente quando não há outro meio de expressar a vastidão de ser humano.

Como reconhecer uma alma de escritor: Pode ser um sujeito aparentemente calmo e reservado, ou pode ser um bêbado cínico. Muitas vezes pode parecer frio, mas não se engane. Escritor é um ser sensível, não sentimental. Escritor é, antes de tudo, observador. É um curioso ávido pela vida, um admirador das pessoas e da natureza, um ser misterioso – até perigoso, eu diria. Um escritor tem vários “eus” dentro de si e inúmeras aventuras a viver. Porém, por mais que eu tente desvendar o olhar de quem escreve, estou certa de que a melhor definição seja mesmo a de Drummond: “Escritor: não somente uma certa maneira especial de ver as coisas, senão também uma impossibilidade de as ver de qualquer outra maneira.”

Feliz Dia do Escritor!

Anúncios

Um comentário sobre “Escrever até o fim, sem ponto final

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s